segunda-feira, 27 de setembro de 2010

TRANSPLANTES AS CLARAS



A Associação Brasileira de Transplante de Órgãos está incentivando os centros de transplantes nos Estados a divulgar em seu registro não só os números de operações feitas mês a mês, mas, também, a taxa de sucesso delas. Os médicos consideram a transparência uma prestação de contas do serviço à sociedade. Nos 716 transplantes de fígado no primeiro semestre, por exemplo, a sobrevida do paciente foi de 80%.

Revista ISTOÉ, 18 DE AGOSTO/2010, ANO 34, N° 2127
Jornalista: Ricardo Boechart.
Colaboração: Denise Nascimento Santana 8º semestre- Faculdade Vasco da Gama